6/06/2011 12:42 pm

AGED participa de força tarefa para controle de mocegos hematófagos

aged participa de fora tarefa para controle de mocegos hematfagosA Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão – AGED realiza entre os dias 30 de maio a 04 de junho ações de controle populacional de morcegos hematófagos.

 

 

aged participa de fora tarefa para controle de mocegos hematfagosA Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão – AGED realiza entre os dias 30 de maio a 04 de junho ações de controle populacional de morcegos hematófagos e educação sanitária nos municípios de Guimarães, Cedral, Central ,Porto Rico e Mirinzal.

 

A Fiscal de Defesa Animal, Coordenadora do Setor de Raiva da AGED, Sonivalde Santana Monte, explica que esses municípios estão com um alto índice de agressão nos animais e casos de animais suspeitos de síndrome nervosa. “O Programa Estadual de Controle da Raiva dos Herbívoros (PECRH) está intensificando suas ações nesta área pela preocupação de não aparecer casos positivos de raiva em herbívoros , assim como , estaremos contribuindo pelo não aparecimento de casos de raiva em humanos, pois acima da questão econômica, a raiva é um problema de saúde pública”, conclui a coordenadora da PECRH-AGED.

 

FORÇA TAREFA – Nos moldes desta ação e por conta dos 5 casos positivos (laboratorial) de raiva, fora os casos clínicos sem confirmação laboratorial, foi realizado no início do maio na regional de Santa Inês, uma força tarefa para controle da raiva herbívora.

 

Por se tratar de uma zoonose de grande importância para o Estado, a ação despertou interesse pelas emissoras locais que cobriram parte das ações através de seus telejornais, e entrevistas com a equipe. Na região, a equipe da AGED identificou vários abrigos de morcegos hematófagos, todos eles construções como bueiros de estradas, galerias de córregos e viadutos, que foram trabalhados no tocante do controle populacional dos indivíduos ali identificados.

 

Durante essa ação foram vistos também alguns animais agredidos pelo morcegos, e em alguns locais, a agência realizou captura com armadilha e os para os criadores que possuíam animais agredidos foi distribuído pasta vampiricida.

 

A equipe da ação foi formada pelos Fiscais de Defesa Animal da AGED/Sede, Eric Takashi, Clayton Souza de Jesus – Regional Santa Inês, o Assistente de Defesa Agropecuária, Wander Cesar Freitas Mota e o capturador, Denilson Goes Freitas.

 

“Nesse trabalho observamos que muitos criadores não sabiam como prevenir a raiva e como notificar os casos suspeitos e nem como a doença era transmitida. Foi observado também um interesse muito grande por parte dos secretários de saúde e coordenadores de vigilância em saúde para a formação de equipes municipais de captura, os quais seriam treinados pela AGED”, esclarece Eric Takashi.

 

Com o trabalho de esclarecimento ao público em geral, a AGED através da Educação Sanitária, conseguiu uma maior aproximação com os criadores da região, profissionais da área da saúde – médicos veterinários, enfermeiros, agentes comunitários de saúde, secretários municipais de saúde. Somando todas as palestras o público presente totalizou mais de 100 pessoas.

 

 Fonte: AGED

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI