27/06/2011 11:49 am

Prorrogada para o dia 27/06 comprovação da vacinação contra a Febre Aftosa

foto 011A Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão – AGED, através de sua diretoria geral, avisa a todos os criadores que foi prorrogada para o dia 27/06 (segunda), a comprovação da vacinação contra a febre aftosa nas unidades da AGED em todo o Estado.

 

foto 011A Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão – AGED, através de sua diretoria geral, avisa a todos os criadores que foi prorrogada para o dia 27/06 (segunda), a comprovação da vacinação contra a febre aftosa nas unidades da AGED em todo o Estado.

 

“Devido ao feriado do dia 23/06 (quinta) e ao ponto facultativo decretado pelo Governo do Estado no dia 24/06 (sexta), adiamos para a segunda-feira (27/06), a data limite de apresentação da comprovação nas Unidades da AGED”, explica Fernando Lima, Diretor Geral da agência. E completa, “é mais uma chance para que não haja inadimplentes e que possamos alcançar os 100% na cobertura vacinal do nosso rebanho”.

 

MAPA


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) autorizou recentemente a prorrogação da primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa do Maranhão para até o dia 15 de junho. O adiamento do prazo para o encerramento da campanha, que terminaria nesta terça-feira (31), foi solicitado ao Mapa, pela Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED-MA), em consequência das fortes chuvas mais intensas em algumas regiões do Estado.

 

A Instrução Normativa nº 44 de 2 de outubro de 2007 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento diz que qualquer antecipação ou prorrogação das campanhas de vacinação somente poderá acontecer se houver autorização do ministério. A solicitação ao Ministério deve ser fundamentada em parecer técnico do serviço de veterinária oficial no estado, que no caso do Maranhão, é a AGED.

 

O secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Cláudio Azevedo, espera que, com mais essa oportunidade, todos estejam motivados para o total sucesso da 1ª etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa.

 

“É preciso que o criador aproveite esse novo  prazo para comprovar a vacinação nos escritórios da AGED, pois em julho teremos uma auditoria do Mapa e é fundamental que o Maranhão alcance uma cobertura vacinal acima de 90%”, concluiu Cláudio Azevedo.

Fonte: AGED

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI