3/10/2012 2:16 pm

AGED realiza fiscalização no sul do estado

AGED realiza fiscalização em propriedades rurais do sul do estado visando prevenir, controlar e erradicar a ferrugem asiática da soja

defesa vegetal balsas5defesa vegetal balsas4

A Defesa Vegetal de Balsas vem realizando fiscalizações nas propriedades rurais da região sul do Maranhão visando prevenir, controlar e erradicar a ferrugem asiática da soja no Estado, de acordo com a portaria nº 638, de 19 de agosto de 2011. “Levando em consideração a importância socioeconômica da cultura da soja para o Estado do Maranhão e a forma expressiva de expansão da sojicultura em várias regiões do Estado, estabelecer ações de caráter técnico-administrativo e medidas fitossanitárias obrigatórias visando à prevenção, controle e erradicação da Ferrugem Asiática da Soja, é dever do Estado para proteger a agricAGED realiza fiscalização em propriedades rurais do Sul do Estado visando prevenir, controlar e erradicar a ferrugem asiática da sojaultura praticada no território maranhense”, explica Eugênio Pires, Fiscal Estadual Agropecuário.

AGED realiza fiscalização em propriedades rurais do sul do estado visando prevenir, controlar e erradicar a ferrugem asiática da soja

defesa vegetal balsas5defesa vegetal balsas4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Defesa Vegetal de Balsas vem realizando fiscalizações nas propriedades rurais da região sul do Maranhão visando prevenir, controlar e erradicar a ferrugem asiática da soja no Estado, de acordo com a portaria nº 638, de 19 de agosto de 2011. “Levando em consideração a importância socioeconômica da cultura da soja para o Estado do Maranhão e a forma expressiva de expansão da sojicultura em várias regiões do Estado, estabelecer ações de caráter técnico-administrativo e medidas fitossanitárias obrigatórias visando à prevenção, controle e erradicação da Ferrugem Asiática da Soja, é dever do Estado para proteger a agricultura praticada no território maranhense”, explica Eugênio Pires, Fiscal Estadual Agropecuário.

Na regional de Balsas o trabalho de fiscalização do Vazio Sanitário Vegetal para a cultura da soja teve, início, no dia 15 de agosto e vai até o dia 15 de outubro. Segundo o Fiscal, Eugênio Pires, “Entende-se por Vazio Sanitário Vegetal o período de ausência total de plantas vivas da cultura da soja no campo”.

A ferrugem da soja tem como agente etiológico duas espécies do gênero Phakopsora: Phakopsora meibomiae, agente causal da “ferrugem americana” e Phakopsora pachyrhizi, agente casual da “ferrugem asiática”. O fungo Phakopsora pachyrhizi é a espécie responsável pelas recentes epidemias da doença no Brasil, tendo sido relatada pela primeira vez no Japão, em 1903. Posteriormente foi constatada em outros países da Ásia e na Austrália em 1934, na índia em 1951. No Continente Africano, foi detectada a partir de 1996, atingindo a Zâmbia e o Zimbábue em 1998, a Nigéria em 1999, Moçambique em 2000 e a África do Sul em 2001. Na América do Sul, no Paraguai e Brasil, surgiu em 2000/01, na Argentina em 2002 e em 2004 nos Estados Unidos.

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI