11/12/2012 11:37 am

Técnicos da Aged realizam vacinação assistida

Técnicos da Aged realizam vacinação assistida no município de Fortuna

foto vacinao assistida s.d.do maranho.2foto vacinao assistida s.d.do maranho

Técnicos da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), realizaram vacinação assistida contra a febre aftosa no município de Fortuna, na fazenda Bandeira. A ação foi feita pela equipe da Unidade Veterinária Local da Aged, do município de São Domingos do Maranhão, ligada à Unidade Regional de Presidente Dutra.

Técnicos da Aged realizam vacinação assistida no município de Fortuna

foto vacinao assistida s.d.do maranho.2foto vacinao assistida s.d.do maranho

 

 

 

Técnicos da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), realizaram vacinação assistida contra a febre aftosa no município de Fortuna, na fazenda Bandeira. A ação foi feita pela equipe da Unidade Veterinária Local da Aged, do município de São Domingos do Maranhão, ligada à Unidade Regional de Presidente Dutra.

Durante essa segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, iniciada em 01 de novembro, já foram vacinadas de forma assistida 1.779 cabeças.

A vacinação, que ocorre por conta dos proprietários dos animais, é assistida pelos fiscais de defesa animal e assistentes agropecuários da Aged e, por isso, dá-se o nome de “vacinação assistida”, de acordo com o termo utilizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Segundo as normas do Mapa, a “vacinação assistida” pode ocorrer com objetivo de orientação, de assistência a comunidades carentes ou de fiscalização e possibilita ao serviço oficial – no Maranhão representado pela Aged -, certificar a aplicação da vacina na totalidade dos animais existentes em determinada propriedade rural.

De acordo com a chefe da Unidade Veterinária Local, de São Domingos do Maranhão, Sônia Maria de Carvalho, esse acompanhamento é primordial nesta segunda etapa da campanha. “Esse proprietário estava inadimplente, por não ter comprovado a vacinação na primeira etapa da campanha, em junho, por isso além da assistência e acompanhamento da vacinação, fazemos a comprovação na propriedade mesmo” explicou.

Vacinação e Comprovação

Além de vacinar, o criador deve comprovar a vacinação em um dos escritórios da Aged, apresentando a nota fiscal da compra da vacina. O prazo para comprovação encerra-se no dia 20 de janeiro. O criador que não vacinar seus animais não poderá solicitar a Guia de Trânsito de Animal (GTA), documento emitido e exigido pela Aged para que possa circular com seus animais.

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI