3/12/2013 2:39 pm

Aged realiza curso de Certificação Fitossanitária em Imperatriz

curso CFO vegetal

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Estado do Maranhão (Aged), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima), realiza nos dias 3 à 5 de dezembro o V curso de Certificação Fitossanitária na cidade de Imperatriz.

O objetivo do curso é modernizar e adequar o Sistema de Defesa Sanitária Vegetal do Estado do Maranhão, visando garantir a sanidade dos vegetais e a preservação do meio ambiente. Habilitar Engenheiros Agrônomos e Engenheiros Florestais para emissão do Certificado Fitossanitário de Origem (CFO) e Certificado Fitossanitário de Origem Consolidada (CFOC). Esses certificados controlam o trânsito de produtos de origem vegetal, conforme determina a Instrução Normativa N o 55, de 04 de Dezembro de 2007, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)

Durante o curso que terá uma carga horária de 20 horas, os profissionais irão adquirir conhecimentos específicos sobre: Mosca Negra dos Citros; Cancro cítrico; Mosca da carambola; Sigatoka Negra e  Moko da Bananeira.

No dia da abertura (03) o Engenheiro Agrônomo Airton Rigueira Bezerra de Instituto Mineiro Agropecuário (IMA), irá orientar os participantes das Normas sobre CFO e CFOC; Preenchimento dos formulários; Legislação; Importância da Defesa Sanitária Vegetal em Relação ao Comércio Internacional de Vegetais; Pragas Quarentenárias,  e Não Quarentenárias Regulamentadas, Pragas Específicas e Noções sobre Áreas Livres de Pragas.

No encerramento dia (05) o fiscal Agropecuário e coordenador de Defesa Vegetal Roberval Raposo Júnior da AGED irá falar sobre o  Sistema de Mitigação de Risco (SMR) para a praga Sigatoka Negra no Estado do Maranhão.

Confira a Programação completa

DIA 03

08:00 – ABERTURA

08:15 às 12:00 – Engenheiro Agrônomo Airton Rigueira Bezerra (Instituto Mineiro de Agropecuária)

  • Normas sobre Certificação Fitossanitária de Origem – CFO e Certificação Fitossanitária de Origem Consolidada – CFOC; Preenchimento dos formulários;
  • Legislação;

14:00 às 16:00 – Engenheiro Agrônomo Airton Rigueira Bezerra (Instituto Mineiro de Agropecuária- IMA)

  • Importância da Defesa Sanitária Vegetal em Relação ao Comércio Internacional de Vegetais; Pragas Quarentenárias (PQ), Pragas Não Quarentenárias Regulamentadas (PNQR) e Pragas Específicas (PE); Noções sobre “Áreas Livres de Pragas”.

16:15 às 17:00 – Engenheiro Agrônomo Luciano Davanso Pechoto (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão -CREA-MA)

  • Anotação de Responsabilidade Técnica e Atuação Profissional

17:00 às 18:00 – Engenheiro Agrônomo Ângelo Ottati (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento– MAPA)

  • Mosca Negra dos Citros – Aspectos sobre classificação taxonômica, monitoramento, levantamento e mapeamento da praga em condições de campo, identificação, coleta, acondicionamento e transporte da amostra, bioecologia, sintomas, sinais, plantas hospedeiras, formas de disseminação ações de prevenção e métodos de controle e erradicação

DIA 04

08:00 às 10:00 – Engenheiro Agrônomo Ângelo Ottati (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento– MAPA)

  • Mosca da Carambola – Aspectos sobre classificação taxonômica, monitoramento, tipos de armadilhas, levantamento e mapeamento da praga em condições de campo, identificação, coleta, acondicionamento e transporte da amostra, bioecologia, sintomas, sinais, plantas hospedeiras, formas de disseminação, ações de prevenção, métodos de controle e erradicação

10:15 às 12:00 – Engenheiro Agrônomo e Professor Gilson Soares da Silva (Universidade Estadual do Maranhão-UEMA)

  • Moko da Bananeira – Aspectos sobre classificação taxonômica, monitoramento, levantamento e mapeamento da praga em condições de campo, identificação, coleta, acondicionamento e transporte da amostra, bioecologia, sintomas, sinais, plantas hospedeiras, formas de disseminação, ações de prevenção, métodos de controle e erradicação.

14:00 às 16:00 – Engenheiro Agrônomo e Professor Gilson Soares da Silva (Universidade Estadual do Maranhão-UEMA)

  • Sigatoka Negra – Aspectos sobre classificação taxonômica monitoramento, levantamento e mapeamento da praga em condições de campo, identificação, coleta, acondicionamento e transporte da amostra, bioecologia, sintomas, sinais, plantas hospedeiras, formas de disseminação, ações de prevenção e métodos de controle.

16:15 às 18:00 – Visita Técnica a Área com Ocorrência da Praga Sigatoka Negra

Dia 05

08:00 às 10:00 – Engenheiro Agrônomo e Professor Gilson Soares da Silva (Universidade Estadual do Maranhão-UEMA)

  • Cancro cítrico – Aspectos sobre classificação taxonômica, monitoramento, levantamento e mapeamento da praga em condições de campo, identificação, coleta, acondicionamento e transporte da amostra, bioecologia, sintomas, sinais, plantas hospedeiras, formas de disseminação ações de prevenção e métodos de controle e erradicação.

10:15 às 12:00 – Fiscal Agropecuário e coordenador de Defesa Vegetal da AGED Roberval Raposo Júnior (AGED)

  • Sistema de Mitigação de Risco – SMR para a praga Sigatoka Negra no Maranhão

 

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI