23/03/2015 4:07 pm

Presidente da AGED recebe Servidores do Grupo AFA

G

O presidente da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), Sebastião Anchieta, recebeu na sexta-feira (20), Servidores do Grupo de Atividades de Fiscalização Agropecuária (AFA), para analisar as propostas e reivindicações da categoria.

O servidores, que ainda iriam discutir as questões em assembleia,  reivindicam fixação de escalas quinzenais, considerando o padrão SEFAZ (Secretaria da Fazenda, como ocorre nos estados do Tocantins e Pará), na proporção 12 x 24 horas, com exceção do Posto Fixo de Timon que seria de 12 x 48 horas e sem quinzena; Segurança para a guarda do patrimônio da AGED, nas Barreiras Zoofitossanitárias; Centralização das decisões técnicas das barreiras no Setor de Trânsito da AGED, na sede e as administrativas no Plano de Assistência à Saúde do Aposentado (PASA); Alocação de reserva financeira para a manutenção das barreiras, ficando os recursos sob a gerência do coordenador da barreira (cartão coorporativo ou outro modelo a ser avaliado); Destinar viatura par uso exclusivo da barreira e de seus servidores, como já ocorre em São Luís, Timon e Barão de Grajaú; Dotar as barreiras de terminal de internet com a celeridade necessária ao cumprimento das tarefas; Proceder à identificação funcional dos servidores da unidade e disponibilizar Equipamento de Proteção Individual (EPI) para todos os servidores das barreiras.

O presidente da AGED se mostrou sensível às propostas e reivindicações dos servidores e garantiu que trabalhará na resolução dos problemas e para a melhoria das condições de trabalho de todos, resultando no crescimento da agência. “Estamos abertos para atender as reivindicações dos nossos servidores e garanto que todos os nossos recursos serão aplicados na AGED. Acabaremos com o distanciamento que existe entre a sede e o campo, pois o orçamento da AGED será construído do campo para a sede e não o contrário, evitando gastos desnecessários. Assim iremos conduzir nossa administração, mas ninguém faz nada sozinho e o resultado do nosso trabalho será em conjunto”. Afirmou Sebastião Anchieta.

Francisco Saraiva, presidente do Sindicato dos Servidores da Fiscalização Agropecuária do Estado do Maranhão (SINFA), declarou que percebeu que há na direção da AGED uma postura aberta para o diálogo, para procurar resolver e deliberar soluções para as propostas apresentadas e que serão discutidas em assembleia.  “São questões que sabemos que não serão resolvidas de um dia para o outro, mas há uma intenção de resolvê-las e podemos consolidar o entendimento na reforma administrativa”.

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI