20/04/2015 3:05 pm

AGED se reúne com o secretário da SEMOC

IMG-20150416-WA0009

Representantes da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED) reuniram-se na quinta-feira (16), em Brasília, com o secretário da SEMOC (Secretaria de Monitoramento e Controle da Pesca e Aquicultura), Clemeson José Pinheiro da Silva,  para tratar dos termos do convênio a ser celebrado entre a AGED e o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA),  visando a implantação do programa de sanidade da animais aquáticos no estado do Maranhão. O convênio prevê a capacitação dos técnicos, estruturação das barreiras fixas e volantes, cadastro de produtores, educação sanitária e a  coleta de material para análise.

A AGED-MA, através da sua coordenadoria de defesa animal (CDA), visa implantar o Programa Estadual de Sanidade dos Animais Aquáticos, com o objetivo de preservar a saúde dos animais aquáticos cultiváveis, prevenir, controlar e erradicar as enfermidades predominantes na aquicultura e ainda aumentar a produção e a produtividade da piscicultura e carcinicultura (técnica de criação de camarões em viveiros) maranhenses, sendo que a introdução de enfermidades infecciosas nos ambientes de cultivo, é uma das principais dificuldades para o crescimento desta atividade no estado.

Segundo a diretora de defesa e inspeção sanitária animal da AGED-MA, Viviane Correa, durante a reunião foram acertados os últimos detalhes para o convênio e os termos para a implantação do programa. “É muito importante a implantação do Programa Estadual de Sanidade de Animais Aquáticos – PESAAq, para garantirmos  a segurança, preservação e defesa do nosso patrimônio e de nossas fronteiras,  contribuindo assim,  para o  desenvolvimento do estado.”

Nos dias 14 e 15 de abril, técnicos da AGED- MA participaram de um workshop sobre os programas que serão trabalhados no estado, visando a sanidade dos organismo aquáticos e a saúde pública. Esta foi também uma oportunidade para a troca de experiências com outras agências que já possuem o programa e que relataram sobre as facilidades e dificuldades encontradas para a sua implementação.

 

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI