9/11/2015 2:39 pm

Campanha de vacinação contra a febre aftosa é lançada em Chapadinha

Lançamento Campanha

Começou no domingo (1º) e segue até o dia 30 de novembro o período oficial de vacinação contra a febre aftosa em todo o Maranhão. Nesta etapa, devem ser vacinados cerca de 7,5 milhões de cabeças de bovinos e bubalinos em todos os 217 municípios maranhenses.

O lançamento oficial da campanha aconteceu dia 06 de novembro, em Chapadinha, na Fazenda Angelim, de propriedade do Sr. Raimundo Ferreira Marques, com a presença do Secretário Adjunto de Agricultura e Pecuária (SAGRIMA), Edjahilson Souza, de representantes da Prefeitura de Chapadinha, do Presidente da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), Sebastião Anchieta, entre outras autoridades como: prefeitos, secretários de agricultura, vereadores e deputados de municípios da região, além de dirigentes de associações e criadores de gado.

“Essa é mais uma campanha organizada pelo Governo do Estado em conjunto com a SAGRIMA e AGED e sabemos que temos um grande desafio neste nosso trabalho de defesa e inspeção agropecuária do Estado, que é o de manter nosso status como livre de febre aftosa com vacinação e ainda a meta de atingirmos os 100% de vacinação, superando o índice recorde da primeira etapa da campanha”. Destacou o presidente da AGED-MA, Sebastião Anchieta.

O secretário adjunto da Sagrima, Edjahilson Souza, representando o secretário Márcio Honaiser e o governador Flávio Dino,  agradeceu a adesão dos criadores à campanha de vacinação anterior, realizada em maio, e enfatizou que a obrigatoriedade de imunizar os rebanhos não apenas continuará como deverá ser alvo de constante vigilância, para preservar o status sanitário do estado. “Pretendemos nesta segunda etapa da campanha garantir o alto índice da vacinação anterior, para que possamos nos livrar da febre aftosa, aumentando a saúde do nosso rebanho e a salubridade de nossa carne, trazendo mais investimentos ao setor pecuário”. Finalizou o secretário.

Durante todo o período oficial de vacinação, os escritórios da AGED-MA também estarão atualizando o cadastro de rebanhos e propriedades do estado. Além de vacinarem os animais, os criadores também tem que comprovar a imunização na AGED onde  possuem cadastro. Para isso, o prazo se estende até o dia 15 de dezembro.

Caso o criador não vacine seu gado no prazo estipulado pela Aged, ele será multado em R$ 400,00 e mais R$ 5,00 por animal não imunizado. O criador que vacinar e não comprovar a vacinação também paga multa no valor de R$ 400,00.

 

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI