2/02/2016 2:59 pm

AGED recebe congratulações do Governo do Estado pelos resultados positivos do Recebimento Itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos

O Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inPEV), reconheceu  recentemente  os excelentes resultados do recebimento Itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos, realizado pelo Governo do Estado do Maranhão, através da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED).

O sistema de logística reversa de embalagens vazias de agrotóxicos (Sistema Campo Limpo) é considerado benchmarking mundial em gestão de resíduos da agricultura, sendo o benchmarking,  um processo de comparação de produtos, serviços e práticas empresariais e um importante instrumento de gestão.  Implementado no Brasil desde 2002, o Sistema Campo Limpo segue diretrizes da Lei Federal 7.802/1989 e de seu Decreto Regulamentador 4.074/2002. Atualmente conta com cerca de 420 unidades de recebimento em todo o país, tendo destinado corretamente mais de 320 mil toneladas de embalagens vazias de agrotóxicos.

Com a expansão da agricultura familiar no Brasil e visando a melhoria contínua dos processos, foi desenvolvido um modelo específico de recebimento de embalagens vazias adequado para regiões de pequenos agricultores. O modelo, nomeado Recebimento Itinerante (RI), foi desenvolvido para atender localidades onde comunidades de pequenos agricultores geram uma pequena quantidade de embalagens. Os RIs têm o objetivo de possibilitar a esses pequenos produtores a devolução de embalagens vazias de agrotóxicos, em regiões onde os pequenos volumes de embalagens não justificam a instalação de unidades de recebimento.

Seguindo esta linha, foram realizados no Maranhão 16 RIs durante o ano de 2015, em 14 municípios. Com o apoio de todos os envolvidos (produtor rural, distribuidor, indústria, fabricante e governo), os Recebimentos Itinerantes foram planejados,divulgados e executados de forma sistematizada nas regiões de perímetros irrigados do Maranhão, totalizando 6.500kg de embalagens vazias de agrotóxicos devolvidas por meio desta modalidade e mais 872.933kg  ambientalmente destinados pelo Estado do Maranhão através das Centrais de Recebimento.

Devido a estes resultados positivos, o caso prático de sistematização do Recebimento Itinerante no Estado do Maranhão poderá ser ampliado para outros municípios do Estado que necessitam de estrutura e também poderá servir de exemplo para outros Estados da região nordeste que queiram melhorar o recebimento em comunidades de pequenos agricultores.

Sendo este resultado fruto também do trabalho da Agência Estadual de Defesa  Agropecuária do Maranhão (AGED), pelas ações de conscientização e fiscalização de agricultores do Maranhão, o Governo do Estado também se manifestou, reconhecendo e congratulando a AGED, pelos resultados positivos, por meio de um ofício dirigido ao seu  presidente, Sebastião Anchieta.

Roberval Raposo Júnior, diretor de defesa e inspeção vegetal da AGED, afirmou que os recebimentos itinerantes realizados no Maranhão são o compromisso da AGED, com o agricultor familiar e com as pequenas propriedades. “Estas pequenas propriedades, de uma maneira geral, já vêm de um histórico de exclusão do sistema de gestão tradicional de devolução de embalagens de agrotóxicos, concebido para grandes e médios produtores que possuem condições de cumprir de forma plena, em razão da estrutura que possuem,  com o que determina a legislação, ou seja, devolver as embalagens nas centrais ou postos de recebimento instalados pelas associações de comerciantes. Esta categoria de produtores, cuja produção é de suma importância socioeconômica  para o Maranhão e vêm sendo objeto de prioridade pelo atual governo, recebem esta alternativa concebida para esse setor específico,  permitindo a eles o ingresso nas condições de legalidade quanto a legislação de agrotóxicos e também de cidadania, através da preservação do meio ambiente e da saúde pública no meio rural pela correta devolução das embalagens vazias de produtos agrotóxicos utilizados em suas áreas de produção”. Declarou o diretor.

Os Recebimentos Itinerantes acontecerão todos os anos e a ideia é expandir cada vez mais pelo Estado. Estes resultados satisfatórios realizados em  2015, só puderam ser alcançados, graças a forte e compromissada relação institucional entre os parceiros envolvidos como o inPEV, Prefeituras, Associações de Revendedores, AGERP, Sindicatos e Associações de Produtores, bem como ao comprometimento e dedicação da fiscalização agropecuária da AGED por suas Unidades Regionais e seus respectivos Fiscais- Engenheiros Agrônomos, além da equipe do setor de agrotóxicos da Central. É a Aged contribuindo para um campo mais limpo e saudável.

 

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI