4/03/2016 12:32 pm

AGED realiza palestra no Encontro Anual do Agroamigo 2016

Palestra Agroamigo

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED),órgão vinculado à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (SAGRIMA),  atendendo a um convite da Gerência Estadual do Agroamigo, do Banco do Nordeste (BNB), realizou nesta sexta-feira (04), no Hotel Praia Mar, palestra para 125 agentes de crédito do Estado do Maranhão.

Durante o terceiro encontro anual do Agroamigo, os fiscais estaduais agropecuários, Lauro Queiroz e Laudeci Pires Melo, falaram para os agentes sobre a obrigatoriedade da realização do cadastro das propriedades, dos proprietários e do rebanho, de acordo com as exigências do Ministério da Agricultura e Abastecimento (MAPA) e ainda esclareceram sobre Ficha Sanitária, Guia de Trânsito Eletrônica (eGTA) e Declaração de Transferência Animal.  O objetivo foi o de tratar das documentações exigidas pela Agencia de Agricultura, para que o produtor rural esteja regulamentado, em suas inúmeras atividades no campo, na abertura de cadastros, regularização de rebanho, abertura de créditos em instituições bancárias e também tirar dúvidas dos agentes de crédito do BNB, de como proceder à cobrança dos devidos documentos exigidos sanitariamente pela defesa agropecuária do Estado.

“As instituições bancárias cientes de suas obrigações em parcerias com a AGED, farão com que os produtores rurais estejam aptos a desenvolver suas atividades agropecuárias, colaborando para que o status sanitário animal do Maranhão não apenas seja mantido, mas que continue  sempre em ascensão”. Explicou o fiscal da AGED, Lauro Queiroz.

O gerente de microfinanças do BNB, Allanisson José de Oliveira e Souza, falou da importância da palestra realizada pela AGED “A presença dos fiscais da AGED neste terceiro encontro anual do Agroamigo, é fundamental para informar nossos agentes de crédito em relação às exigências sanitárias por parte da agência, que vem de encontro à nossa intenção, que é a de orientar os produtores a produzir alimentos saudáveis para a população e estejam em conformidade com o que é exigido pela lei”. Declarou o gerente.

Daniel Giuleno e Silva, agente de crédito e coordenador da Unidade de Balsas, disse estar muito satisfeito com a palestra, porque esclareceu dúvidas de como proceder na hora da abertura de crédito. “Para nós, foi esclarecedor as informações que recebemos hoje dos fiscais da AGED, com relação às exigências de documentação para finalizarmos aberturas de crédito, evitando a possibilidade de darmos crédito a produtores clandestinos” Finalizou o agente.

 

 

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI