6/04/2016 3:25 pm

Novos pontos de coleta de agrotóxicos são instalados em quatro povoados de Ribamar Fiquene

capacitacao-agrotoxico-ribamarfiquene2No último fim de semana, 02 e 03 de abril, a equipe da Unidade Regional de Imperatriz da Agência Estadual de Defesa Animal do Maranhão (AGED) capacitou 105 pessoas para a coleta de embalagens vazias de agrotóxicos.  A ação faz parte do recebimento itinerante de embalagens de agrotóxico, que alcançou a marca de 6.500 kg de embalagens vazias devolvidas, nas 16 ações realizadas em 2015.

Com vistas a expandir a iniciativa para outras áreas, novos pontos de coleta foram instalados em Ribamar Fiquene, nos povoados rurais de Tabuleirão, Boa União, São José e Jabuti, onde serão recolhidas as embalagens no dia 12 de abril, em parceria com a Secretaria de Agricultura do município.

Segundo o fiscal estadual agropecuário responsável pela capacitação, André Ferreira, ao todo o município de Ribamar Fiquene contará com oito pontos de coleta para o recebimento itinerante. “Nosso objetivo é fazer com que esse dia de coleta se torne um hábito e aconteça todo ano. A grande dificuldade dos pequenos agricultores é a distância até a central de recebimento das embalagens, que chega a 80 km. Agora eles vão poder devolver no próprio povoado e estar dentro da legalidade”, garantiu.

Modelo adequado para regiões de pequenos agricultores

Em 2015, os recebimentos itinerantes de embalagens de agrotóxico ocorreram em 14 municípios maranhenses e tiveram seus resultados reconhecidos pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inPEV).

Conforme explica o d iretor de defesa e inspeção vegetal da AGED, Roberval Raposo Júnior, esse modelo de coleta representa o compromisso da agência com o agricultor familiar e com as pequenas propriedades. “O sistema de gestão tradicional de devolução de embalagens de agrotóxicos foi concebido para grandes e médios produtores que possuem condições de cumprir de forma plena, em razão da estrutura que possuem, com o que determina a legislação. Ou seja, devolver as embalagens nas centrais ou postos de recebimento instalados pelas associações de comerciantes. A categoria de pequenos produtores recebe esta alternativa, permitindo o ingresso nas condições de legalidade quanto à legislação de agrotóxicos”, enfatizou.

 

capacitacao-agrotoxico-ribamarfiquene3

Cento e cinco pessoas foram capacitadas para a coleta de agrotóxicos em Ribamar Fiquene

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI