4/05/2016 4:58 pm

Lançamento de Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa reunirá crianças para passeio em fazenda

capa-lancamento

Nesta quinta (05), o governo estadual, representado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) e pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária (Aged), realizam o lançamento oficial da 1ª Etapa da Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa de 2016, com trilha e teatro para crianças em propriedade rural de São José de Ribamar.

De acordo com o chefe da Unidade Regional de São Luís da Aged, Assuero Batista, a ideia do evento é proporcionar um dia na fazenda para 35 alunos da Unidade Escolar Nossa Senhora da Vitória, vizinha à Fazendinha Renascer, onde acontecerá o lançamento. “Convidamos crianças para mostrarmos um pouco da criação dos animais e da produção. Acreditamos que é o primeiro passo para falar de saúde animal e alimentação segura para esses possíveis futuros produtores”, explicou.

Na ocasião, também haverá teatro de fantoches, que apresentará a peça teatral Febre Aftosa. O teatro faz parte do Projeto Fazendo Educação da Aged, desenvolvido para aproximar as crianças da educação sanitária de uma forma lúdica. O texto da peça tem o objetivo de explicar, com linguagem leve e divertida, o que é a febre aftosa, quais os sintomas e qual a importância da vacinação.

Ações pelo estado

O lançamento da 1ª Etapa da Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa está sendo marcado por diversos eventos em todo o estado. Nos municípios de Balsas, Açailândia, Santa Inês, Caxias e Barra do Corda, as Unidades Regionais da Aged, em parceria com as prefeituras e sindicados rurais, promoveram palestras, vacinações demonstrativas e blitzen para chamar engajar produtores e toda a comunidade na etapa.

Além disso, a Aged e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) estão oferecendo treinamento de vacinadores de bovinos e bubalinos contra febre aftosa aos 30 municípios do Programa Mais IDH do governo estadual. Para a Agência esta iniciativa vem complementar as ações estratégicas voltadas aos pequenos criadores. “Há 14 anos, vimos mobilizando os produtores e as autoridades para doarem vacinas. Todo ano doamos vacinas para as áreas quilombolas e indígenas e, este ano, também estamos oferecendo treinamento para esse municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano”, declarou o presidente da Agência, Sebastião Anchieta.

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI