12/04/2017 3:59 pm

Agência de Defesa Agropecuária participa de 1º Seminário de Produtores Rurais de São João do Paraíso.

Com o objetivo de conscientizar sobre a importância do uso correto e seguro de agrotóxicos e da devolução de embalagens vazias, a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED) através da Unidade Regional de Imperatriz, participou do 1º Seminário de Produtores Rurais de São João do Paraíso, proferindo palestras educativas sobre agrotóxicos.

Cerca de 80 pessoas participaram da palestra de cunho educacional ministrada pelo Fiscal Agropecuário, André Gonçalves Ferreira, tendo agricultores e estudantes da localidade como público alvo. Na ocasião foram apresentadas as medidas corretas de manuseio com agrotóxicos, as fases de ação a serem seguidas desde o ato da compra até sua utilização, consequências da má utilização dos produtos, instruções sobre manuseio de embalagens vazias e sobre a Lei Estadual de Agrotóxico, que corriqueiramente é descumprida pelos produtores pela falta de informação.

Para a estudante Islane dos Santos Silva, a iniciativa foi muito positiva pois assim como ela, os estudantes que participaram puderam adquirir novas informações, aprimorando seus conhecimentos a cerca do tema discutido, podendo discernir entre o certo e o errado, além de se tornarem multiplicadores dessas informações. “Todo conhecimento é válido, e aprender um pouco mais sobre a forma correta de utilizar os agrotóxicos me proporcionou o aprendizado de novas informações sobre o assunto, que serão muito úteis para minha formação estudantil e profissional.” Disse

O Produtor Manoel Marcos Bandeira Lima ressaltou a importância desse seminário, devido seu contato frequente com esses produtos, afirmando que a falta de instrução necessária leva os produtores á má utilização. “Pela falta dessas informações que foram apresentadas na palestra, muitas vezes fazíamos a utilização de forma errada, inclusive reutilizando embalagens, agora que já sabemos o que podemos e o que não podemos fazer, vamos utilizar os produtos de forma correta e repassar as informações para os demais produtores da nossa região.” Afirmou

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI