12/05/2017 12:20 pm

Governo cria frente para acelerar licenciamentos e minimizar entraves de empreendimentos no Maranhão

Acelerar licenciamentos e dirimir entraves de empreendimentos no Maranhão são alguns dos objetivos da frente criada pelo Governo do Estado nessa quarta-feira (10). A proposta é fazer com que todos os processos sejam realizados o mais breve possível, visando a instalação de novos empreendimentos e expansão dos que já estão instalados no Estado.

A iniciativa é da Secretaria de Indústria, Comercio e Energia (Seinc) e conta com a união de esforços da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural (Agerp), Agência Estadual de Defesa Agropecuária Estado do Maranhão (Aged) e Superintendência de Vigilância Sanitária.

Secretários e representantes de cada órgão apresentaram possíveis soluções afim de contribuir para desburocratizar processos técnicos, emissão de documentações, como licenças, autorização de serviços, entre outros, afim de serem realizados o mais breve possível.

O Secretário da Seinc, Simplício Araújo, explica que a intenção do Governo Flávio Dino é fazer com que empresas possam ser instalar ou expandir seus negócios no Estado, o que promove além da geração de emprego e renda, e o adensamento de cadeias produtivas.

“Essa união de esforços é fundamental para que possamos desburocratizar processos de responsabilidade do Governo, fazendo com que o Maranhão gere mais postos de trabalho, e assim possamos contribuir para o crescimento da economia”, ressaltou.

O Presidente da Aged, Sebastião Anchieta, órgão responsável por registro e inspeção de produção e subprodutos de origem animal, o grupo de trabalho vai garantir ao empresário maranhense um ambiente capaz de gerar mais emprego e renda.

“Faremos o levantamento de todos os empreendimentos do estado que não estão funcionando por algum problema burocrático, neste caso, cada órgão dentro da sua especificidade irá trabalhar em conjunto com os demais para tentar resolver o mais rápido possível, para que o empresário possa de fato empreender no estado com mais rapidez”, disse o Presidente.

O secretário Simplício Araújo disse também que “após alinhamento interno entre as secretarias e órgãos públicos estaduais a Seinc pretende dialogar também com as esferas federais e estaduais para agilizar processos importantes que trazem impacto positivo à economia e ao desenvolvimento do Maranhão”.

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI