29/08/2017 4:00 pm

AGED promove I Encontro dos Programas Sanitários para capacitação de corpo técnico

Em virtude da necessidade em discutir e nivelar os procedimentos técnicos, administrativos e aspectos legais, junto aos Chefes das ULSAV’s e os respectivos técnicos de fiscalização, que executam as atividades inerentes aos Programas Sanitários de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose, Sanidade Equídea, Raiva dos Herbívoros e Encefalopatia Espongiforme Bovina (PNCEBT, PNSE, PNCRH e PNEEB), visando capacitar e aprimorar os serviços oferecidos à população, a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA), em parceria com a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB/BA) realizou o I Encontro dos Programas Sanitários para a capacitação de seus técnicos.

O responsável pelo Programa Nacional de Sanidade Equídea da AGED, Erick Takashi , ressaltou que “para os integrantes do grupo AFA é de grande importância capacitações como esta realizada com os setores dos Programas Sanitários, uma vez que uma equipe bem capacitada é sinônimo de trabalho a ser realizado com excelência”. Já Adriana Prazeres, responsável pelo Programa de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal, frisou a importância da realização do evento “foi um evento de grande relevância, pois, tivemos a oportunidade de interagir com os técnicos que executam as atividades de escritório e de campo, proporcionando um momento para discussão sobre os Programas de Defesa Sanitária no estado do Maranhão”.

2017-08-29-PHOTO-00000003

O Encontro contou com palestras ministradas pelos responsáveis dos Programas Sanitários do órgão, bem como, a participação do Prof. DsC da UEMA, Hamilton Pereira Santos e do Fiscal Estadual Agropecuário da ADAB, José Néder . Além disso, foram realizadas aulas práticas referentes ao Programa Nacional de Sanidade dos Equídeos (eutanásia) e ao Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal, onde houve vacinação contra brucelose em 45 bezerras entre 3 a 8 meses de idade e realizado o teste de diagnóstico para tuberculose bovina (tuberculinização).

Outro ponto importante, ressaltado por José Hyrton, gestor regional de Itapecuru, onde foram realizadas as aulas práticas se tratou da inclusão dos técnicos de fiscalização. “A inclusão dos técnicos de fiscalização foi fundamental, pois, sempre auxiliam os fiscais na execução e registro das atividades dos programas contemplados no encontro. Não podemos de deixar de citar a realização das aulas práticas, que ajudaram de forma imprescindível no complemento do aprendizado das aulas teóricas”. Afirmou

“Foi uma experiência muito exitosa, acredito que a defesa agropecuária do Brasil se fortalece e se estrutura melhor com a realização de eventos como este, onde há discussão sobretudo a nível técnico com colegas que realizam a atividade a nível de ponta no interior do estado do Maranhão. Foi uma honra ter participado do evento na condição de palestrante, ao tempo que parabenizo também a AGED pela iniciativa e execução do mesmo.” Afirmou José Néder, Fiscal Estadual Agropecuário da ADAB.

2017-08-29-PHOTO-00000005

Para o gestor da Unidade Regional de Presidente Dutra, Jailson Malheiros, este encontro proporciona, além de valorização do servidor por estar qualificando-os nas diversas áreas, oferece um serviço mais eficaz para a população do estado, ressaltando que “diante da crescente demanda e exigências para atender aos anseios de uma sociedade cada vez mais esclarecida, frente aos desafios do serviço de defesa e inspeção sanitária, para se garantir a sanidade animal, vegetal e defesa do meio ambiente que culmina com ações de proteção à saúde pública, consideramos de extrema importância a iniciativa da AGED.”

Giselle Mesquita, do Programa Nacional de Prevenção e Vigilância da Encefalopatia Espongiforme Bovina ressaltou que “a importância deste evento que engloba  4 Programas Sanitários, além de capacitar os participantes, é uma forma de valorizar os colegas e fazer uma integração maior entre a Central e o interior”. Sonivalde Silva Santana, do Programa de Raiva dos Herbívoros, afirmou ainda que “a ideia do Encontro surgiu da necessidade de vários Programas terem em fazer para atualizar procedimentos técnicos, e pela pouca disponibilidade de recursos financeiros, decidimos em unificar para abordar a parte teórica e prática com maior número de participantes possível, entre servidores de nível médio e superior da AGED que fazem as atividades de campo”.

 

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI