21/09/2017 3:59 pm

AGED inicia fiscalização do vazio sanitário da soja em Caxias

Com a finalidade de dar início ao período do vazio sanitário da soja em Caxias, que consiste na proibição do plantio de soja na região, a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Estado do Maranhão (AGED) realizou a primeira fiscalização da temporada que acontece de 15 de Setembro a 15 de Novembro e abrange a Segunda maior região produtiva do Estado.

IMG-20170919-WA0011

O objetivo deste trabalho é, portanto, dar cumprimento à portaria estadual Número 638 de 19 de Agosto de 2011, que estabelece ações de caráter técnico – administrativa e medidas fitossanitárias obrigatórias, uma vez que a produção da soja é de grande importância socioeconômica para a economia estadual.

 

O vazio sanitário é medida fitossanitária que visa interromper o ciclo de vida do fungo causador da ferrugem asiática da soja Phakopsora pachyrhizi , por meio de fiscalizações e inspeções de áreas ao longo destes sessenta dias nas propriedades rurais produtoras de soja dos municípios que integram a unidade regional de Caxias.

IMG-20170919-WA0013

O Fiscal Estadual Agropecuário, Francisco Rodrigues, ressaltou que os produtores de soja valorizam o programa de controle da ferrugem asiática, na medida em que reconhecem que a medida adotada visa atender a uma necessidade deles e consequentemente, manter um calendário para o plantio da soja na região. “Embora a atividade esteja apenas inicializando na nossa região, em função dos resultados obtidos em anos anteriores, os produtores de soja estão satisfeitos com a prática, que comprovadamente vem diminuindo a incidência da ferrugem asiática na cultura da soja, bem como os custos de produção.” Disse

Cultura do Feijão

Além da inspeção de áreas dedicadas à sojicultora, a Aged também fiscaliza as culturas irrigadas, como a cultura do feijão, que pode ser uma hospedeira secundária do fungo da ferrugem asiática. Neste ponto, o feijão poderá ser cultivado durante o vazio sanitário, mediante autorização da Aged, a qual o produtor precisa solicitar pelo menos até 30 dias antes da semeadura.

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI