23/01/2019 8:43 am

Governo define 21 pontos para exportação de produtos de origem animal

Ministério da Agricultura acredita que isso vai melhorar a fiscalização das cargas.   Os aeroportos, portos e outros terminais escolhidos já respondem por 95% das operações do segmento

O Ministério da Agricultura definiu que a partir de sexta-feira, dia 25, exportações e importações de produtos de origem animal devem ser feitas através de 21 pontos específicos. Os aeroportos, portos e outros terminais determinados na Portaria 183 do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro) já respondem por 95% das operações do segmento.

No comunicado, o chefe substituto da Divisão de Operações do Vigiagro, Cid Rozo, disse que “a principal razão da mudança é o foco na vigilância agropecuária, com atenção redobrada à saúde pública e à segurança alimentar, pois os auditores fiscais federais agropecuários que estão trabalhando nessas unidades receberam treinamento para atuar em cima desses produtos específicos. Os auditores sabem quais são os riscos intrínsecos aos produtos e como atuar se encontrarem alguma inconformidade”.

Confira os 21 pontos autorizados para estas operações.

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela ATI